7 Lendas dos Alpes Franceses

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Conhecer os Alpes Franceses é entrar em contato direto com a magia das montanhas. De fato, basta ficar um tempo observando para perceber que elas possuem uma energia diferente da que encontramos em outros lugares. Tudo parece mais um cenário de grandes lendas e histórias

Mas o que pouca gente sabe é que esses relevos vão muito além dos belos picos nevados. Na verdade, as montanhas são motivo de inspiração para as pessoas que moram nas proximidades. Dito isso, você já pode começar a imaginar as milhares de histórias criadas ao longo do tempo pelas pessoas.

Para você se inspirar ainda mais e organizar sua viagem, preparamos 7 lendas dos Alpes Franceses, que mostram o lado fantástico de seres sobrenaturais e povos mágicos.

Tudo pronto? Continue lendo para descobrir o que vai ouvir quando chegar nos Alpes.  

Lendas dos Alpes Franceses 

alpes-lendas

1- O ouro das fadas 

Essa lenda conta que um grande e imponente castelo foi construído em meio aos Alpes. Além de ser muito bonito, o castelo era habitado por fadas. Um belo dia, uma camponesa que passeava pela região encontrou uma fadinha e a ajudou a colocar roupas no varal. 

Logo em seguida, a fada ofereceu folhas de freixo para agradecer a camponesa pela ajuda. Sem muito entender, ela deixou algumas folhas pelo caminho. Mas quando chegou em casa, percebeu que as folhas haviam virado ouro. 

2- A passagem de Carlos Magno pela Saboia

lago-lenda

Carlos Magno ganhou a guerra contra o rei dos Lombardos e pegou o caminho de volta para a casa. Durante a longa caminhada, ele colocou seu exército para descansar em meio aos Alpes da Saboia. 

Segundo a lenda, um jovem homem que passava por ali amarrou o seu cavalo, sendo seguido por outras dezenas de homens. Sem muito tempo para reagir, Carlos Magno foi atacado pelos homens que chegaram: os Sarracenos.

Carlos Magno foi capturado pelos Sarracenos e jogado na prisão, mas a lenda conta que um falcão imperador levou a mensagem aos monges que o resgataram mais tarde. 

3- A morte do Lobisomem 

Ainda na Sabóia, um jovem homem herdou o comércio de seu pai, um vendedor ambulante. Em uma noite de lua cheia, cansados, os dois se hospedaram na casa de um soldado. 

O que ninguém esperava era que um lobo feroz viria encontrá-los. Para acabar com a fera, o soldado tirou sua arma e atirou no animal, mas acabou matando a própria mãe. 

A lenda diz que a mulher teria virado fera após ser amaldiçoada por um padre, pois ela não pagava os impostos à igreja. 

4- A ponte do diabo

ponte-diabo

Preso em uma tempestade durante a construção de uma ponte, um empresário perdeu alguns de seus homens. Atormentado, ele pediu a ajuda do diabo para terminar seu trabalho. Em troca, o diabo pediu a alma da primeira pessoa atravessasse a ponte. 

O homem aceitou a proposta. Mais tarde, a ponte foi concluída. Com isso, soldados se preparam para atravessá-la com um garoto de dez anos, à frente da procissão. Para salvar o pequeno, uma mulher joga uma cabra na ponte. O animal foi então levado pelo diabo. Desde então, em Maurienne, o diabo não tem dois, mas quatro chifres.

5- A lenda do Dente do Gato

dent-du-chat

Há muito tempo atrás, um pescador e sua família viviam à beira do lago Bourget. Em um infeliz dia de pesca, ele não pescou peixe algum. Desesperado, o pescador implorou ao céu para ajudá-lo. Em troca, ele lançaria o primeiro peixe capturado. 

Imediatamente, ele pegou o maior peixe de sua vida. Esquecendo de sua promessa, ele manteve o animal em seu barco. Ele também guardou o segundo peixe. Na terceira pescada, um gato preto saiu da água. 

Sua esposa cozinhou o peixe e seus filhos adotaram o gato. Depois disso, o homem nunca mais pescou e se tornou um lenhador. Quanto ao gato, ele cresceu e se tornou agressivo, fazendo com que o pai o abandonasse na floresta. 

A fera aterrorizou toda a região, mas um cavaleiro conseguiu derrubá-lo. Quando ele morreu, o felino perdeu um dente. O Dente do Gato é uma montanha de 1390 metros com vista para Aix-les-Bains.

6- Noz de Diamante

Uma noite, um navegante levou um homem pelo lago de Genebra em troca de uma grande quantia em dinheiro. O estranho estava carregando um baú misterioso com ele. De repente, em um movimento surpreendente, o homem caiu na água. 

No barco, apenas o navegante e o porta-malas permaneceram. Pensando que ele tinha um tesouro, este recusou-se a ajudar o homem afogado. E, de fato, o porta-malas continha diamantes. Mas à noite, o diabo veio se vingar e transformou o barqueiro em uma nogueira. Uma vez por ano, cada noz se transforma em um diamante.

7- O Dahu 

criatura-magica

Essa criatura imaginária pode ser vista nas montanhas. Na verdade, os habitantes dos Alpes gostam de contar aos turistas desavisados que eles avistaram o animal. A descrição é clara: uma espécie de bode, mas com duas patas maiores que as outras. 

Isso quer dizer que o animal só consegue caminhar em um sentido, tendo que dar voltas completas nas montanhas para não cair. Em alguns lugares, a frase que você vai ouvir é: se você viu o dahu, é porque você bebeu mais do que devia! 

 Além da magia… 

Neste post você pôde aprender algumas das lendas do folclore das montanhas francesas. Gostou? Já está com mais vontade de conhecer os relevos alpinos daquela região? 

Se as lendas já são incríveis, imagine só o que mais você vai encontrar nas montanhas!?

Clique aqui para ler o nosso guia completo e  descobrir o mundo do esqui alpino

Posts Relacionados