Vale d’Aosta – Road Trip pelos Castelos na Itália

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O post de hoje é sobre o Vale d’Aosta, uma das regiões mais belas da Itália. Podemos dizer que essa é uma região que lembra contos de fadas, grandes histórias medievais e, claro, toda a tranquilidade da natureza. 

Diferente do país clássico e das águas claras do sul, esta é uma região alpina, com picos nevados, lagos glaciares e florestas temperadas. Em meio a este cenário, os castelos do Vale d’Aosta são a cereja do bolo nessas paisagens mágicas.

Geograficamente, essa é a região que faz parte da tríplice fronteira entre França, Itália e Suíça. Isso quer dizer que você estará nos Alpes Italianos, um dos principais destinos de esqui. 

Abaixo, um roteiro por alguns dos castelos que visitei em minha road trip pelo Vale d’Aosta. 

Castello di Fenis

castello di fenis - vale d'aosta

A pouco mais de 12 km da cidade de Aosta, a sua atenção com certeza vai ser atraída por Fenis. Um emaranhado de casinhas e, ao fundo, o famoso Castelo de Fenis. O monumento, que leva o nome do pássaro de fogo, fica no topo duma colina, perto de um rio. 

Mas não é só no nome que ele carrega certa magia, a arquitetura militar do castelo é surpreendente: para peitos enormes e torres cilíndricas. Sem dúvida alguma, uma das obras mais belas da família Challant.

O castelo aparece em registros de meados dos anos 1200, como uma propriedade do Visconde de Aosta, da Família Challant. Mas foi entre 1320 e 1420 que ele foi expandido e ganhou a forma que vemos hoje.

Hoje ele é aberto para visitação e também funciona como um museu. 

Castelos do Vale d’Aosta na prática

O Castello di Fenis abre todos os dias, de abril a setembro, de 09h às 19h. Entre outubro e março o funcionamento é de terça-feira a domingo, de 10h às 13h e de 14h às 17h. 

Os ingressos custam 7 para adultos, €5 para jovens entre 6 e 18 anos. 

Endereço:

Località Chez Sapin, 1, 11020 Fenis Italie

Site

 

Castello Gamba 

castelos do vale d'Aosta

O Castello Gamba fica na cidade de Châtillon e foi construído no início do século XX por Charles-Maurice Gamba. Em termos de arquitetura, o que vemos é uma construção com traços medievais, mas bem mais simples, que funciona como museu de arte moderna. 

Neste cenário, a localização evoca a magia das montanhas, pois ele fica em meio a um grande parque, que cobre surpreendentes 7000 metros quadrados de terras montanhosas. Em meio a este cenário é que aconteceu o último show de Bob Dylan, em junho de 2008. 

No interior, obras de arte moderna e contemporânea podem ser visitadas. Os artistas são diversos e as obras incluem esculturas, pinturas, fotografias que retratam os últimos 25 anos de arte italiana.

Castelos do Vale d’Aosta na prática

O Castelo Gamba abre todos os dias, de abril a setembro, de 09h às 19h. Entre outubro e março o funcionamento é de quinta-feira a domingo, de 10h às 16h. 

Os ingressos custam €5,00 para adultos, € 3,00 para estudantes e €2,00 para jovens entre 6 e 18 anos. Para crianças baixo de 6 anos a entrada é gratuita.

Endereço:

Località Cret de Breil, 11024 Chatillon Italie

Site

Castello de Verrès

O Castello de Verrès fica no burgo de mesmo nome e assim como o Castello Fènis, ele também foi reformado por membros da família Challant. Logo, o que vemos hoje é resultado das renovações dos anos 1536. 

Talvez seja inerente aos castelos do Vale d’Aosta, mas o Castello di Verrès fica no topo de um relevo. De um modo geral a fortaleza pode ser considerada de tamanho grande, considerando os outros castelos da região. 

Ao visitar o interior você se depara com instalações conservadas e pode caminhar pelo pátio central. São detalhes incríveis. 

Castelos do Vale d’Aosta na prática

O Castello de Verrès abre todos os dias, de abril a setembro, de 09h às 19h. Entre outubro e março o funcionamento é de terça-feira a domingo, de 10h às 13h e de 14h às 17h. 

Os ingressos custam 3 para adultos, € 2 para jovens entre 6 e 18 anos. 

Endereço:

Località Château, 11029 Verres Italie

Site

Castello di Ussel

Castelos do vale d'aosta-ussel

Localizado no topo de um promontório rochoso imponente, o castelo de Ussel tem vista para o lado sul da zona residencial de Châtillon. Assim como muitos castelos da região, ele também foi construído pela família Challant, em meados do século XIV.

Além do significado de nobreza, o castelo marca uma mudança na arquitetura da fortaleza de Valdostana. 

De fato, é o primeiro castelo de corpo único do Val d’Aosta, que foi a última fase evolutiva dos castelos medievais, e marcou a passagem entre o castelo contemporâneo de Fénis e as formas rígidas de Verrès. Tendo passado em inúmeras ocasiões dos Challants para as Savoys e vice-versa, o castelo tornou-se então numa prisão, até ser completamente abandonado.

As visitas são gratuitas e o passeio é inspirador, pois você se verá em um monumento histórico em meio a uma paisagem mágica, rodeado de montanhas. 

Na prática

As visitas ao castelo devem ser agendadas no escritório de turismo da cidade de Châtillon. 

Endereço:

Località Ussel, Chatillon Italie

Castello di Issogne 

Outrora propriedade dos Bispos de Aosta, posteriormente restaurada, no século XV, por Ibleto de Challant, a actual aparência do Castelo de Issogne desenvolveu-se entre 1490 e 1510 sob ordens da família Challant.

De certa forma, estas obras transformaram o castelo de Issogne em uma luxuosa residência renascentista. Depois de vários proprietários, foi comprado pelo artista Vittorio Avondo em 1872, que o restaurou e o doou ao Estado em 1907. 

Hoje o castelo pertence à Região Autônoma do Vale de Aosta e pode ser visitado. 

Na prática

O Castello Issogne abre todos os dias, de abril a setembro, de 09h às 19h. Entre outubro e março o funcionamento é de terça-feira a domingo, de 10h às 13h e de 14h às 17h. 

As entradas custam € 5 para adultos e € 2 para jovens até 18 anos de idade.

Endereço: 

Piazza Castello SNC Località La place, 11020 Issogne 

Visite os Castelos do Vale d’Aosta

Finalmente, uma vez na região do Vale d’Aosta, uma road trip fica muito simples. De um modo geral, as estradas são muito bem conservadas e as paisagens são de tirar o fôlego. 

Quer continuar lendo sobre a minha road trip no norte da Itália? Então clique aqui! 

Posts Relacionados