Atacama – Subida ao Cerro Toco

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Atacama – Subida ao vulcão Cerro Toco

Meu último dia no Atacama rendeu mais um passeio inesquecível e o sentimento de ter sido o melhor de toda a viagem. Eu já pretendia subir um vulcão e o Lascar era o preferido. Já tinha conversado com o pessoal da Ayllu,  agência parceira nos passeios, que seria interessante eu subir algum vulcão no penúltimo ou último dia, pois tinha participado da maratona logo na minha chegada ao deserto e precisava relaxar as pernas.

Minha vontade na verdade era subir o Licancabur, mas como não tenho experiência em subidas de grandes altitudes admirei o vulcão somente de longe. Optei pelo Lascar, mas não deu certo. Não iam fazer a subida ao vulcão naquela semana, mas tinha um pequeno grupo que subiria o vulcão Cerro Toco. Não pestanejei e aceitei o desafio.

 

O Vulcão Cerro Toco

Toco não é um vulcão como muitos dizem e apesar de ter uma altura semelhante, possui um grau de dificuldade menor, pois a subida é menos íngreme do que a do Vulcão Lascar, vulcão que permanece ativo.

[viajanet iata=’SCL’]

O passeio começa bem cedo e às 6h da manhã eu já estava seguindo viagem. O vulcão Cerro Toco está próximo da divisa com a Bolívia. No caminho paramos à beira da estrada, com o Licancabur na nossa frente para se deliciar com o café da manhã. Já falei em outros posts que o café oferecido pela Ayllu Expediciones é espetacular e nesse dia por motivos óbvios não tinha de tudo e mesmo assim estava muito bom. Comi apenas o suficiente, pois ainda tinha pela frente uma subida cansativa.

 

Uma Lenda do Atacama

No Atacama todos sabem que os vulcões são guerreiros antigos e as colinas são lindas donzelas. O pai de todos eles é o velho e irritado Lascar, o vulcão mais ativo nos Andes. Os jovens irmãos, Licancabur e Juriques, iguais em força e coragem, viviam em busca do amor de Quimal, uma colina que ficava próxima aos vulcões irmãos.

Ambos os jovens desejavam Quimal mas ela deu seu coração para Licancabur. Isso acabou despertando a fúria de Juriques.

Cego de desejo de possuir Quimal, Juriques furioso tenta ter Quimal a força. Licancabur sabendo o que aconteceu decapita seu irmão invejoso. Desde então muitos o chamam de Decapitated.

O que aconteceu perturbou a paz no planalto andino, os outros vulcões exigiram furiosamente justiça para seu irmão morto e, embora Lascar tenha entendido as razões do filho tomou a decisão de enviar Quimal para o exílio, cem quilômetros de distância.

Quando você visitar San Pedro de Atacama estará vendo o poderoso Licancabur por quase todo lugar que você esteja. É um vulcão de forma perfeita e também o seu irmão Juriques na lateral.

Mas a distância não diminuiu o amor e a tristeza de Licancabur, então Lascar conseguiu abrandar o coração do jovem guerreiro dando a ele a possibilidade de passar uma noite por ano na companhia de sua amada.

Isso acontece todos anos após o solstício de inverno o nascer do sol faz com que Licancabur, através de sua sombra, cubra completamente o corpo Quimal.

 

A subida

Chegamos onde geralmente os carros param para o pessoal começar a subida a pé aos 4600 metros de altitude. Esse trajeto de carro já economiza uma caminhada e tanto. Dali pra frente o jeito é subir a pé, com passos curtos e vagarosos, respirando com calma e criando uma coordenação ideal entre respiração, passos e batimento cardíaco. É de total importância que você encontre esse sincronismo. O pessoal da Ayllu cede bastões caso você ache necessário.

A subida ao vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama
A subida ao vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama
A subida ao vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama
A subida ao vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama

 

A Descida

A descida é bem mais simples, claro! Mas não se esqueça de ter muito cuidado. Como não é necessário fazer o esforço comunal da subida, o importante é ficar atento para não escorregar, virar o tornozelo ou torcer o joelho que é muito sacrificado em descidas.

O terreno é cascalhado e por isso a atenção deve ser dobrada. Não deixe de estar atento e voltar para o carro sentindo a gratificante sensação de ter subido uma montanha de 5.600 m de altitude.

Vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama com 5.604 metros de altitude
Vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama com 5.604 metros de altitude
A descida do vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama
A descida do vulcão Cerro Toco em San Pedro do Atacama

 

Conheça Algumas Curiosidades sobre os Vulcões de San Pedro do Atacama:

Leia abaixo as altitudes dos vulcões da redondeza de San Pedro do Atacama:

  • Lascar  – 5500 metros de altitude
  • Cerro Toco – 5604 metros de altitude
  • Putana – 5890 metros de altitude
  • Licancabur – 5910 metros de altitude
  • Sairecabur – 5971 metros de altitude
  • San Pedro – 6145 metros de altitude
  • Aucalquincha – 6176 metros de altitude
  • Ojos del Salado – 6887 metros de altitude

 

Gostou?

Leia mais sobre dicas, informações e roteiros de viagens pelo Deserto de Atacama, acesse aqui mais artigos.

Posts Relacionados